Maysa é tema dessa biografia escrita pelo jornalista Lira Neto a partir de pesquisas em arquivos familiares, de entrevistas com cerca de 200 pessoas (parentes, amigos, ex-namorados, ex-maridos, músicos, produtores) e, sobretudo, com base no acesso irrestrito ao diário íntimo de Maysa. O resultado é um retrato cheio de nuances de uma cantora que não apenas se tornou um ícone da vida boêmia, mas foi ela mesma uma cronista da vida noturna, escrevendo as letras de muitas de suas canções - num trânsito incessante entre as figuras da musa e da poeta. 'Maysa - Só numa multidão de amores' percorre todas as etapas (e traumas) de uma trajetória marcada por amores, viagens, conflitos com a mídia, tentativas de suicídio, crises de alcoolismo e internações em clínicas para desintoxicação. Do convívio com o pai notívago e hedonista ao casamento com o magnata André Matarazzo (que impunha à esposa o recato das tradições familiares), da identificação visceral com a música romântica à assimilação das novidades estéticas trazidas pela bossa-nova, Lira Neto compõe uma narrativa em que a fidelidade aos fatos e o exaustivo trabalho de prospecção permitem detalhar também o contexto sociocultural em que Maysa se tornou uma personagem célebre.





  • Autor: NETO, LIRA
  • Idioma: PORTUGUÊS
  • Editora: GLOBO
  • Assunto: Biografias - Música
  • Edição: 1
  • Ano: 2007   Formato - E-book
  • Classificação:



O Livro já começa com um sumário diferenciado, Lira Neto organizou a vida de Maysa por canções que fizeram sucesso  e com seus respectivo anos.
Uma Biografia que não começa com o nascimento da celebridade e sim com o auge da carreira de uma jovem Maysa com 22 anos a estrela mais bem paga da música brasileira na época. Entretanto o autor logo após detalhar o glamour de uma carreira de sucesso, começa a escrever os primeiros resquícios de uma personalidade constantemente perturbada.

Ela chegou em casa, tirou a roupa e abriu a torneira da banheira. Era 11 de fevereiro de 1958, uma terça-feira [...] Só se sabe que os visinhos foram acordados por um grito de mulher no meio da noite. Nos dias seguintes, a notícia estava no rádio e nos jornais. Maysa tentara se matar, cortando o pulso esquerdo com gilete.

Somente no capitulo dois, é onde podemos conhecer uma Maysa antes do sucesso, porém desde de muito nova convivia com os boêmios da música e ainda na aurora da sua adolescência cultivava em seus diários os seus primeiros poemas que um dia se tornariam músicas que preencheriam o coração de milhares de fãs de saudade, tristezas e de amor.

Maysa com 18 anos casou-se com o empresário André Matarazzo, um membro muito importante da família Matarazzo, Seu sonho era ser cantora, entretanto por pertencer a família Matarazzo isso seria difícil, então ela teve uma ideia genial, gravar um disco e com o lucro arrecadado seria doado para uma instituição de caridade, sendo assim a família de seu Marido não seria contra. 

O seu primeiro Disco: convite para ouvir Maysa fez muito sucesso e com o sucesso veio a separação. Ela não gostava de ser contrariada, Maysa era um pássaro que gostava da liberdade, seu sonho de ser reconhecida como uma cantora de sucesso teve um obstáculo: seu Marido, não pensou duas vezes pediu a separação, porém, outro obstáculo veio a tona, seu filho Jayme. Foi uma decisão difícil, mais para ter condições de criar seu único filho escolheu a carreira deixando Jayme aos cuidado do pai.

Após ter sua liberdade conquistada a carreira de Maysa foi se edificando e junto com ela a música popular brasileira. A grande estrela teve uma vida com seus altos e baixos tentou suicídio várias vezes, lutou contra o alcoolismos e contra a obesidade, lutou até contra si própria, teve muitos amores e tinha um relação de amor e ódio com os repórteres da época mais nada tirava dela aquele olhar e aquela voz.





Maysa, só numa multidão de amores foi a segunda biografia que eu li até o momento e eu não me arrependo. Eu já tinha assistido algumas partes da minisérie que passou na globo Maysa, quando fala o coração mas não se compara ao livro. 
Quando vi que o e-book estava na promoção fiquei louca para comprar mas não foi só por conta do valor e sim por conta do rosto que estampava a capa. Um rosto decidido, com um olhar marcante, sedutor porém triste.
Ao começar a ler me vi perdida na leitura, consumindo cada página e encantada com cada letra de música que eu lia, me vi pesquisando no Youtube as músicas que eu queria ouvir ou melhor queria saber o motivo de tantas pessoas achar aquela voz impar. 
O livro realmente é fantástico ao mesmo tempo que você vai lendo sobra a vida tempestuosa da Maysa, você também conhece sobre a evolução da música popular brasileira, esse pequeno detalhe tornou uma leitura muito prazerosa e informativa essa particularidade foi uma cartada de mestre do autor Lira Neto.
Realmente foi uma leitura única assim como Maysa!




2 Comentários

  1. Olá, tudo bem?
    Não sou fã de biografias, tem que ser sobre uma pessoa que eu goste MUITO para chamar minha atenção, hehe. Tanto que até hoje, que eu me lembre, nunca li uma biografia. Claro que pretendo ler alguma algum dia, para conhecer né, mas por enquanto não é o momento.
    Sua resenha chama atenção não apenas para os pontos fortes do livro, mas para os dois lados da cantora. Isso é muito bom! Se eu fosse fã do gênero com certeza teria vontade de ler :)
    Super beijos <3
    http://livros-cores.blogspot.com.br/2015/01/resenha-tentacao-sylvia-day.html

    ResponderExcluir
  2. Oiii, adoro biografias. Gosto de saber mais sobre pessoas, sobre as culturas. A história da Maysa parece ser bem interessante. Não assisti a mini-série na globo, eles adaptam como lhes convêm, como aconteceu recentemente com a história do Tim Maia.
    Beijos
    Porão da Liesel
    Fan page

    ResponderExcluir