Olá leitores hoje estou afim de conversar com vocês, que tal falarmos das adaptações cinematografia dos livros?

Não sei vocês, mas eu sou aquele tipo de pessoa que se assistir o filme antes de ler o livro, já perco o interesse em ler ou seja assisto o filme e esqueço o livro.

Tem filmes que são extremamente fieis aos livros, mas tem outros que passa longe. Acho até, que é falta de respeito com os autores quando o filme segue uma linha de raciocínio totalmente diferente.

Em 2014 foi um ano que teve muitas adaptações, infelizmente não assistir todos eles até por que só assisto o filme quando leio primeiro o livro.

Foi assim que eu fiz com o filme cinquenta tons de cinza, ganhei a trilogia li e fiquei na torcida esperando a estréia do filme.

Porém tudo tem sua exceção, já aconteceu de eu assistir o filme e querer muito ler o livro chegou ao ponto que eu comprei um exemplar, agora só estou aguardando ter um tempo livre para ler.

Mas, não quero depender da sorte, conheçam os livros que quero ler para depois assistir as suas adaptações. ( estou me segurando muito)




O livro Um Conto do Destino, de Mark Helprin, traz a história fantástica de um pobre mecânico e assaltante (Colin Farrell), que se apaixona pela moradora de uma casa que pretende assaltar. Quando descobre que esta mulher (Jessica Brown Findlay) está prestes a morrer, o amor é tão forte que eles fazem o possível para acontecer um milagre... Talvez até parar o tempo. A direção é de Akiva Goldsman, diretor da sérieFringe.


Em "Fim de Verão", Joyce Maynard conta a história de uma mãe divorciada, antiga dançarina, que leva uma vida triste ao lado do filho. Esta rotina é alterada pela chegada de um homem ferido, que pede ajuda aos dois. Logo eles descobrem que se trata de um assassino, mas contra todas as expectativas, nasce uma história de amor... Refém da Paixão traz os talentosos Kate Winslet e Josh Brolin nos papéis principais, com a direção de Jason Reitman (JunoAmor Sem Escalas), que disse ter se inspirado dos grandes romances da história do cinema, como As Pontes de Madison, para a construção deste filme.



A história, adaptada do livro de Ron Rash, mostra a tensa relação entre George Pemberton e sua esposa Serena, que se mudam para a Carolina do Norte para trabalhar no ramo da madeira. Quando esta mulher descobre que não pode engravidar, ela começa a ter cada vez mais raiva da mulher com que George teve um filho em um relacionamento anterior.


O clássico da literatura Grandes Esperanças, escrito no século XIX por Charles Dickens, ganhou uma nova adaptação cinematográfica do diretor Mike Newell (Harry Potter e o Cálice de Fogo). A história apresenta Pip (Jeremy Irvine), jovem de origem humilde, que descobre ter herdado uma fortuna. A partir deste momento, ele rejeita a sua família e tenta conquistar a filha de uma mulher rica, Miss Havisham (Helena Bonham Carter). Esta trama sobre moral e arrependimento foi indicada ao prêmio BAFTA de melhor figurino.


Escrito por Patricia Highsmith, autora de O Talentoso Ripley, o drama Carol traz a história da balconista de uma loja de brinquedos Therese Belivet (Rooney Mara), que se apaixona por uma cliente, a elegante Carol Aird (Cate Blanchett). As duas tentam manter o romance escondido enquanto viajam pelos Estados Unidos, mas logo percebem que um detetive está investigando seus passos. 


Adaptada do livro de Markus Zusak, A Menina que Roubava Livros conta a história da jovem Liesel Meminger (Sophie Nélisse), que atravessa as dificuldades da Segunda Guerra Mundial enquanto descobre os prazeres da literatura. Com a ajuda da família, Liesel esconde um homem judeu (Ben Schnetzer) em sua casa. Geoffrey Rush e Emily Watson interpretam os pais da garota. O filme está indicado ao Oscar de melhor trilha sonora, composta por John Williams



O livro 12 Anos de Escravidão é uma autobiografia de Solomon Northup, um escravo liberto que foi sequestrado e obrigado a trabalhar em uma plantação durante doze anos, até ser resgatado por um advogado. O filme foi elogiadíssimo pela atuação de Chiwetel Ejiofor no papel principal, e de Michael  e Lupita Nyong'o como coadjuvantes. O drama está indicado a nada menos que nove Oscar, e desponta como um dos favoritos ao prêmio de melhor filme.


A lista é mais longa, porém escolhi os mais urgentes, e você tem algum livro que te fez querer ver o filme? ou algum filme que fez você comprar o livro?






2 Comentários

  1. nunca li nenhum desses livros citados e a historia nem me interessa ao ponto de ler, quem sabe ver o filme mas ler .... nao sauhasush
    tonsdeleitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Olá!

    Eu lembro que assisti 16 luas e odiei o filme, fiquei com o livro parado por um bom tempo depois que eu li percebi que é MUITO melhor que o livro. Daí eu parei de ver filmes antes de ler livros. É normal se decepcionar em uma adaptação. Conhecia esses livros mas não tive a oportunidade de ler.

    Beijinhos,
    www.entrechocolatesemusicas.com

    ResponderExcluir