Alberto é um homem de hábitos. Ou melhor, era. Bem vestido e com a postura sempre correta, seus dias seguem precisamente uma rotina sem nenhuma alteração. Sempre pontual, sempre igual, sempre solitário. Porém, toda a impecável rotina de Alberto vai por água abaixo no dia em que ele é demitido após anos de serviços prestados rigorosamente. Perturbado pela mudança repentina, sentia que nada pior poderia lhe acontecer até receber uma última visita que provaria o contrário.

Aquele dia era para ser seu último, mas devido a um problema com uma clausura contratual, ele não pode morrer, nem continuar vivo. A Morte, reconhecendo o quão complicado é o impasse, tem uma idéia ousada e lhe propõe uma solução que supostamente beneficiaria ambos. Agora Alberto se vê em uma situação que pode mudar toda sua visão sobre a vida e o mundo que o cerca para sempre em sua busca por descanso… Isso se algo maior não se impor no caminho.


ISBN: 
Editora: Buriti
Número de páginas: 300
Assunto: Drama
Classificação:




Alberto é um típico homem que só vive para o trabalho, na realidade sua vida é monótona, sem grandes atrativos e quase nada de emoção, ou melhor, sem um pingo de emoção. Um belo dia a morte faz uma visita para ele. E quando a morte visita alguém, isso quer dizer que o momento de desencarnar chegou. Porém, a vida de Alberto era tão sem graça, que até uma barata tinha uma vida mais emocionante do que a dele.  Resultado: ele tinha muito energiag  vital acumulada, por mais que sua hora tivesse chegado, ele não poderia ir. Então, a morte resolveu negociar com ele, ele teria uma nova chance para viver tudo o que ele não viveu em seus 30 anos. Mas, ( sempre tem o mais, a morte não faz acordos tão simples) ele não seria mais um simples humano. Alberto seria um vivo morto (isso, mesmo um vivo morto, um especie de zumbi) Ele iria viver nessas condições, até sua energia vital acabar. Pior é que ele tinha realmente que acabar com sua energia vital, por mais que ele estivesse vivo, seu corpo estava morto e iria entrar em decomposição.

Porém, não seria algo tão simples. A jornada de Alberto se tornou bem complicada, quando a morte resolveu transforma-lo em 'zumbi', meio que ela tornou Alberto um alvo para os demônios, além de sua busca para esvazia sua energia vital, Alberto irá enfrentar forças que estar além de sua compreensão. Mas, Alberto não irá trilhar seu caminho sozinho, seu vizinho Matheus embarcará nessa aventura sobrenatural.



Essa resenha era para ter sido publicada a muito tempo, mas por conta da rotina de trabalho e especialização ficou um pouco difícil alimentar o blog com novas postagens. Prometo que vou tentar manter a rotina de postagens aqui, certo?

Bom, chega de papo, agora quero falar do livro! Gostaria de agradecer ao João Marciano Neto, por me proporcionar uma leitura carregada de humor ácido e uma estória totalmente diferente de tudo que já li até o momento. Isso mesmo, o autor conseguiu trilhar um caminho diferente dos outros autores brasileiros que estão no mercado atualmente. 

Que diferencial esse livro tem? Eu respondo, o autor além de focar na estória de Alberto que tinha como meta:conseguir morrer! É também uma estória de amizade entre dois vizinhos que mal se falavam.

Matheus não tinha obrigação de ajudar Alberto, mas, mesmo assim ele foi até o fim, ajudando seu novo amigo na batalha entre o bem e o mal. O mais interessante é que Matheus embarcou nessa viajem sem pedir nada em troca, ele aceitou ajudar Alberto por que realmente queria. No começo, Alberto não ia muito com a cara do jovem, mais com o tempo seu coração morto já começava a gostar do garoto nerd.
Alberto não se tornou um adulto monótono por acaso, na sua busca pela a morte o leitor vai poder entender o por que de Alberto ser tão regrado e gostar muito de uma rotina quadrada. E vou logo dizendo que é de arrepiar...

A minha leitura não teve picos, amei até o fim. Todos os personagens foram bem construídos, incluindo a morte ( que pena ela não aparecia muito ) ao longo da leitura novos personagens secundários aparecem e todos são importantes na construção da aventura!

A capa é simples, mais bem estilosa! As páginas são amareladas, ótima para uma leitura demorada.  Realmente foi uma leitura maravilhosa, uma aventura de tirar o folego!

Só tem uma coisa da qual não gostei e isso nem é culpa do autor e sim da editora. Eu vi muitos erros de digitação. Eu sei que isso acontece com qualquer editora, mais na minha opinião esses tipos de erros prejudicam a leitura e devem ser evitados ao máximo. 


RESENHA PREMIADA 

Valendo um exemplar do livro: A morte veste roxo.    


                                                                            REGRAS

  1.  Seguir o blog: sonhoseaventurasdeamor.blogspot.com
  2. Comentar na resenha: ( não será aceito comentários do tipo: adorei, gostei)
  3. Não esquecer de participar da promoção: https://www.sorteiefb.com.br/tab/promocao/489822 





18 Comentários

  1. A sua resenha instiga à leitura. O normal é querer a morte bem longe, o contrário sempre surpreende e confesso, fiquei com muita vontade de mergulhar nessa leitura.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenho certeza que você vai adorar, realmente quando um livro não segue os padrões ''normais'' instiga ainda mais o leitor a querer ler.

      Excluir
  2. IZABELLE DAMIAN NUNES17 de setembro de 2015 15:59

    Nossa coitado do Alberto O.o realmente interessante. Essa ideia de luta entre bem e o mal.... sem contar a necessidade de esgotar a energia vital para morrer realmente instiga. Até porque acaba dando curiosidade em descobrir como ele lida com essa ideia de ter morte certa em um espaço curto de tempo. Fiquei super curiosa!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Izabelle, até que Alberto meio que lida bem com essa notícia, mais por dentro com certeza ele estar triste, principalmente quando ele descobre que sua vida era tão monótona que nem a morte poderia levar ele tão cedo!

      Excluir
  3. Adorei a capa, bem simples mas que deu um toque bem chamativo. Adoro esse gênero, sobrenatural é um dos meus preferidos, e fiquei curioso e com vontade de conhecer mais esse livro, a literatura brasileira está cada dia inovando e trazendo novidades né, espero que continue assim, eu inclusive to lendo um brasileiro, Cisne... :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Douglas! È verdade, os autores brasileiros estão inovando e isso é maravilhoso, pois a cada dia estão conquistando mais espaço no mercado literário!

      Excluir
  4. Rapaz, a história daria uma boa série de tv heheheh. Gostei da temática sobrenatural e a ideia de pactos e luta contra seres sombrios, é um prato cheio. Vai ser uma aventura interessante. E a resenha está incrível!

    Beijos :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Carolina, eu também achei que daria uma série, quem sabe né a netflix não compre a ideia? Espero que sim.

      Excluir
  5. Olá,

    Parece uma ótima história! Me deixou mais curioso ainda quando citou que traz o personagem morte! Instigou!

    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Tiago, obrigada por sua visita, é uma estória incrível. Tenho certeza que você iria adorar! Achei muito interessante o autor transformar a morte em um personagem no livro, talvez isso tenha deixado o livro ainda mais curioso!

      Excluir
  6. OI

    Eu gostei muito da resenha e me deixou bem curiosa sobre o livro tipo um clima de suspense, a resenha me deixou bem na expectativa sobre o livro e vou procurar saber mais. Bjs e gostei muito da resenha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Elizabeth, é um estória de suspense, um pouco de terror. Na verdade é um prato cheio, tem até humor!

      Excluir
  7. Puxa,você gostou até da morte. Isso me faz realmente pensar em uma boa leitura onde a luta entre o bem e o mal é de vital importância para que a energia vital do protagonista se esgote. Fiquei super curiosa e quero muito ler.

    ResponderExcluir
  8. É uma proposta bem diferente. Um livro que aborda a morte como uma coisa boa e um leve toque de humor. Morto-vivo, demônios, energia acumulada e deve ter um "que" de aventura nesse contexto também.
    É sempre bom quando os autores brasileiros resolvem se arriscar e publicar algo interessante.
    jaque_borchardt@hotmail.com

    ResponderExcluir
  9. Que livro, estória diferente!! Parece que a vida de Alberto ficou foi mais complicada ainda! Ficou no meio termo, nem morto e nem vivo!! Mas enfim, espero que o Alberto consiga aprender alguma coisa, tipo aproveitar a vida!!

    ResponderExcluir
  10. Fique intrigada para ler esta estória!! Devemos aproveitar bem a vida pois não sabemos quando iremos morrer!! No caso de Alberto ele está tendo uma segunda chance!!! Mas será que isto é bom? Curiosa para saber como termina esta estória!!!

    ResponderExcluir
  11. Sua resenha fez com que eu ficasse instigada com a história do Alberto!!! Parabénnns!!

    ResponderExcluir
  12. A vida de Alberto depois da visita com certeza não melhorou!! Ele não está nem vivo e nem morto!! E com será que termina esta estória? Será que Alberto vai valorizar e aproveitar mais a vida?

    ResponderExcluir