Saudações leitores! É com enorme alegria que venho apresentar a vocês a nova autora parceira do blog.



Adriana Igrejas nasceu no Rio de Janeiro. É apaixonada por línguas, literatura, música, filmes, séries e artes marciais. É Professora de Português/ Literatura e Inglês, formada pela UFRJ e também é revisora.  Teve seus primeiros textos publicados através de concursos literários e é autora de dois romances e de um livro de contos, além de participar de mais seis antologias nacionais e duas portuguesas. Recebeu o Prêmio  Baixada 2014 na categoria Literatura- Romance com “A fórmula da vida (A escolha de Catarina). Faz parte da Academia de Letras de seu município. É casada e tem dois filhos.









Obras da autora


A fórmula da vida



Sinopse: O pai de Catarina criou uma fórmula muito cobiçada. Por causa dela ele é assassinado e a menina se vê órfã, traumatizada pelo medo que a violência sofrida causou e nas mãos de um padrinho, que não a ama e nem liga para ela. Por isso, ela precisa aprender a se defender sozinha. Aprende a lutar, vira pitgirl, justiceira e se envolve em muitas confusões até que é acusada novamente de um crime e precisa fugir e trocar de identidade. Tudo estaria ótimo em sua nova vida, se ela não tivesse se apaixonado ou pudesse continuar mentindo para quem ama... 








Obs: Resenha em breve


A Babá Gótica






Sinopse: A pequena Ana Beatriz ganha uma babá misteriosa de aparência mórbida. Ela seria uma bruxa? Uma louca? Ou apenas excêntrica? É o que Lourenço, meio-irmão de Ana, vai tentar descobrir. Por mais que ele se sinta irritado com a moça e sua aparência incomum, não pode evitar sentir-se intrigado e atraído por ela. Ele está disposto a tudo para resolver aquele mistério e tentar entender o que realmente estava acontecendo e poder entender seus próprios sentimentos em relação àquela moça e descobrir, afinal, quem era aquela babá gótica.











Um apartamento com vista para o mar


No conto que encabeça a coletânea Um apartamento com vista para o mar temos como narrador o Cupido, ou a personificação do amor, que tem a difícil missão de fazer com que dois jovens fiquem juntos e sejam felizes para sempre, apesar de todos os problemas. Em A mulher e o canário, uma esposa reprimida faz uma reflexão sobre sua falta de liberdade em analogia com o canário na gaiola e decide romper a prisão psicológica em que vive. Em A parte perfeita, um homem abandona sua namorada ao sonhar com uma mulher que ele julga perfeita e começa uma busca por achar essa mulher. Em A fita azul, Bruna é a neta que vai tentar alegrar um pouco a vida de sua avó doente utilizando informações que acha no caderno de memórias da anciã. Em Para os filhos deste solo, não és, mãe, gentil o narrador-personagem se sensibiliza ao presenciar uma mendiga cantando o hino nacional. Em A cara do Rio de Janeiro, Dona Nilsa é uma professora que se empolga com o trabalho de um aluno, que aparentemente é brilhante. Coisa de homem relata uma divertida discussão de um casal provocada por um convite inusitado de um amigo do casal. Em Anímico encontramos um rapaz ainda muito jovem embevecido por constatar que encontrou o amor de sua vida ainda tão cedo, antes do esperado. Moça de escritório narra a tentativa de Ana, moça humilde, de mudar de vida apenas mudando a forma de se vestir. E no último conto Amor em Flores e Folhas os jovens médicos, Dagoberto e Gisela, têm uma nova chance de viverem seu amor proibido ao serem levados para a misteriosa cidade de Folhas, onde devem cumprir uma missão.


Então gente o que acharam? Lindas capas em?





Um Comentário

  1. Lindo post! Adorei! Estou muito feliz com esta nova parceria, obrigada! Alô leitores do Sonhos e aventuras de amor! Que bom vocês poderem me conhecer! Beijocas literárias!

    ResponderExcluir