Resenha: Vítimas do Silêncio - Janethe Fontes



Violentada sexualmente, ela preferiu manter o silêncio. Porém, o preço do seu silêncio pode ter-lhe custado alto demais...
... Um caso de abuso sexual ...
... Uma tentativa de fuga ...
... Um novo crime e ameaças ...
... O reencontro com o inimigo ...
Uma garota é vítima de estupro e tenta reconstruir sua vida. Mas, quando finalmente acredita ter encontrado o caminho da felicidade e esquecido aquela noite fatídica, um novo episódio a faz despertar para a apavorante certeza de que é absolutamente impossível fugir do passado... E só existe uma alternativa para que a paz retorne ao seu coração e se faça prevalecer a justiça: confrontar seu pior e mais temível inimigo.
Com uma narrativa surpreendente, a autora mantém o suspense até o fim, fazendo com que o leitor tenha de prender o fôlego para acompanhar essa aventura que traz, a cada capítulo, novas revelações e emoções de um passado que já parecia esquecido.
"Vítimas do Silêncio combina ingredientes como Romance, Aventura, Suspense, Sedução e Mistério em um livro que vai prendê-lo do começo ao fim, tendo como pano de fundo a questão do abuso sexual."

Editora: Universo dos Livros
Ano: 2008
ISBN: 9788599187746
Pág.: 187Classificação: 





Margarida Esteves, uma jovem garota que sofre abusos por parte do seu padrasto não aguentando mais viver sob o mesmo teto que ele. Resolve ir embora de casa, mas como iria falar para sua mãe, que estava querendo viver um tempo na casa de sua tia, sem levantar suspeita? Por ela não iria, ficaria ao lado de sua mãe e irmã, porém o medo de voltar a ser abusada era grande demais.

Ao chegar na casa de sua tia, Margarida é bem acolhida, mas ao rever seu primo  Marcelo, algo muda, Marcelo passa a ver sua prima de uma outra forma e aos poucos esse sentimento também passa a ser mutuo. No entanto, o amor entre eles é proibido, tanto por Marcelo estar noivo, quanto por parte de sua tia que nem queria imaginar ver os dois juntos. Porém, o coração é uma terra que ninguém manda, aos pouco Marcelo vai conquistando Margarida que inicialmente não aceita esse sentimento até porque o estrupo havia deixado terríveis sequelas, mas a paixão fala mais alto, e os dois primos se entregam ao amor. 

Porém, parece que o destino não quer vê-los juntos, logo após uma noite de amor, a mãe de Margarida chega em Gramado, estava separada dando assim alívio para sua filha. As três se muda para a antiga casa de seus avós falecidos, agora era apenas: Margarida, sua mãe e sua pequena irmã Suzy.

Margarida estava feliz, juntas as três seguiriam uma vida feliz daquele dia em diante. Mas, infelizmente sua mãe resolve dar uma segunda chance para seu padastro, antes mesmos dele por os pés em seu novo lar, Margarida foge de casa não voltaria a viver mais sob o mesmo teto que aquele crápula. Desesperada vai ao encontro de  Marcelo e pede para que eles fujam juntos, mas ele coloca obstáculos alegando que eram jovens demais para ter uma vida cheia de responsabilidades. Arrasada Margarida fica sem saber o que fazer, não poderia voltar para casa, o único jeito era fugir para São Paulo e tentar uma vida por lá. Porém, ela não iria só, o fruto da noite de amor entre ela e seu primo crescia em seu ventre.





Vítimas do silêncio é um livro de leitura rápida que me agradou muito.  O enredo que a autora criou me proporcionou momentos de reflexão, pois aborda um assunto que revolta qualquer ser humano: o abuso sexual.

Janethe Fontes tem uma habilidade de escrever impressionante, com riquezas de detalhes que faz qualquer pessoa se sentir enojada diante de um ato tão brutal que é o estupro! Na verdade, a experiencia que essa leitura me proporcionou, levou-me a dois extremos: O ódio por existir homens que são capazes de obrigar a uma mulher a manter relações sexual mesmo não querendo, e a emoção de ver uma mulher que sofreu ao poucos encontrar o seu lugar ao sol.

Margarida é uma personagem que poderia servi de modelo. Uma garota que foi estrupada, mãe solteira, mas que lutou por sua dignidade e por seu direito a ter uma vida melhor. Chorei muito ao vê-la desamparada e gravida, pulei de alegria quando ela conseguiu um emprego e passou a viver melhor ao lado do seu lindo filho.

Bem que eu queria falar mais da estória, mas não quero estragar a experiencia de vocês. Claro, que Margarida ao longo de sua caminhada, conhece pessoas que são verdadeiros anjos, claro que ela encontra o amor ( foi a parte que mais gostei). Mas ao mesmo tempo em que ela passa a ser feliz, grandes percas acontecem, levando-a a sofrer demasiadamente.

Margarida passa por uma grande evolução, e isso o leitor poderá acompanhar. Do fundo do poço ao dias de gloria e justiça. O livro aborda um tema que infelizmente ainda é uma realidade em nossa sociedade. A cada minuto uma Margarida é violentada sexualmente, abusada de todas as formas e muitas assassinadas. É triste, é imoral que isso ainda aconteça nos dias de hoje. O pior é que muitas vezes é a própria sociedade a primeira e julgar a mulher que foi violentada, como se ela fosse a culpada por ter sido um alvo de um covarde. 

Um livro que ficará na minha mente por muito tempo. Vítimas do silêncio não é apenas um livro e sim o grito de socorro de milhares e milhares de mulheres que querem serem ouvidas e amparadas.



Nenhum comentário:

Postar um comentário