Saudações sonhadores, hoje o TOP 5 será bem especial! O livros nacionais estão cada vez ganhando mais espaço no mercado literário, e isso é motivo de orgulho. Porém, não podemos esquecer dos clássicos que muitas vezes serviram de inspiração para os escritores da atualidade. Na época de escola li muito os livros de Machado de Assis, José de Alencar, Raquel de Queiroz e por aí vai. E claro que alguns se tornaram os meus preferidos. Vamos lá?


5.  O Guarani: José de Alencar

José de Alencar é o meu divo, e me fez sentir grandes emoções com a estória de Ceci e Peri. O amor de Peri por Ceci deixou meu coração em frangalhos, ele literalmente tornou-se o guardião da bela jovem, mesmo quando todos estavam contra. Ainda penso em reler essa obra tão bela.
















4.  A mão e a Luva:  Machado de Assis



Não lembro muito bem do enredo, já que faz mais de 10 anos que tive o prazer de ler esse livro. Mas, foi por causa dele que passei a ler as obras de Machado, lembro também que não é um romance muito romântico, já que os personagens se preocupam mais com o status social e o dinheiro do que com o amor propriamente dito. No entanto, durante a leitura ficava me perguntando o por que do título, já que não combinava em nada, até que veio o lindo final. Ele ficou gravado na minha mente como uma cena de um filme!









3. Diva: José de Alencar


Outro livro de José de Alencar, ri pancas com esse livro. Emília é uma personagem teimosa, tem um humor instável, além de ser muito voluntariosa. Lembro que fiquei com muita pena do pobre do Doutor Augusto. Sinto vontade de ler ele novamente.














2. A Moreninha: Joaquim Manuel de Macedo

Não tinha como não deixar essa obra tão doce em segundo lugar. Acho que foi o livro mais rápido que li na época. Augusto foi desafiado por seus amigos, ele tinha que se apaixonar por uma garota e ficar com ela por mais de 15 dias e ainda escrever um romance relatando a estória de amor.














1.  Memorial de Maria Moura: Raquel de Queiroz

O primeiro livro com mais de 200 páginas que li na vida. Maria Moura tornou-se a minha primeira heroína literária. É uma saga espetacular.














Sei que hoje tem autores sensacionais, mas é sempre bom voltar ao tempo!



2 Comentários

  1. Olá, Wanderléa! Tudo bem?

    Bacana sua seleção de clássico da literatura, embora tenha lido quando fazia o ensino médio, hoje não me lembro muito dos livros, exceto "A Moreninha" que acho show! :)

    Beijos!
    Danny
    Irmãos Livreiros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Moreninha é um livro muito doce. Sempre indico para leitores iniciantes.

      Excluir