Resenha: Padma - Kelly Hamiso

Jéssica é uma garota de dezessete anos, estudiosa, bonita e rica, que havia ganhado uma segunda chance. Numa visita à casa de sua avó, em São Paulo, conhece um grupo de amigos e Beto, rapaz rebelde que, entre cigarros, bebedeiras e rock’n'roll, está longe de ser o homem ideal, mas sua indiferença o torna irresistivelmente fascinante. Tinha tudo para ser mais uma história de amor, exceto por um detalhe: os dois não sabiam que essa união os transformaria em peças de um jogo entre membros de uma organização e um homem ambicioso; todos manipulados por Arimã, o anjo corrompido. Para que consigam ficar juntos, Jéssica e Beto precisarão revelar segredos, aprender a perdoar, interpretar sonhos e acreditar que não estão sozinhos. Entre vícios, brigas, uma flor que inspira e seres sobrenaturais, está Padma, em busca da luz.


ISBN: 13: 9788542801132 
Editora: Novo Século
Ano: 2014
Pág.  512
Classificação: 


                                  Skoob / Comprar

NACIONAL

Jéssica é uma pobre menina rica, que após a morte de seu pai em um terrível acidente praticamente é esquecida por sua mãe, quando cresce ela vai para Nova York  junto com seu chofer Sérgio. Mesmo sem precisar de dinheiro, ela trabalha como modelo e rapidamente consegue fama. Mas, a sua vida agitada se torna uma prisão luxuosa, cansada e com muitas saudades do Brasil, ela resolve visitar sua mãe e sua avó. Para a raiva de Sérgio essa vontade de voltar para o Brasil vai contra seus planos, pois voltando ele não teria como ficar ao lado de Jéssica, não dá forma como ele estava acostumado.

Ao chegar no seu lar, Jéssica percebe que sua ausência que durou anos, não amoleceu o coração de sua mãe, que ainda continuava se preocupando somente com o trabalho e ela como sempre ficava em ultimo lugar. Sem pensar duas vezes, Jéssica toma uma decisão, iria para a casa de sua avó, onde sempre foi bem vinda.  É na casa humilde de sua avó, em um bairro simples que ela conhece os amigos do seu tio Xandy e uma realidade que ela não conhecia, Jéssica poderia passear pelo o bairro sem ser reconhecida, lá ela poderia viver e respirar sem precisar fugir dos fotógrafos.  

Mas para a infelicidade de Sérgio, Jéssica conhece Beto um rapaz misterioso, estilo bad boy. A atração é mutua. Porém, a relação é conturbada, principalmente por Beto ter muitos segredos. Uma amor conturbado, mas cheio de significados que vai mais além da compreensão humana. Jéssica e Beto são apenas ferramentas para a guerra entre o bem e o mal.


Padma é um livro muito envolvente com uma trama que facilmente poderia se tornar um filme. O enredo é simples, mas cheio de emoção. Como vocês já devem ter percebido, não sou muito de escrever detalhadamente sobre a história, por que acho que informações demais pode se tornar um spoiler.

O amor entre Beto e Jéssica, vem de vida passadas que por conta de Arimã ( demônio) a relação que era para ter acontecido foi interrompida, dando continuidade somente em uma outra vida, que no caso seria essa. Mas mesmo assim, Arimã ainda continua atrapalhando o amor entre Jéssica e Beto, colocando obstáculos na vida dos dois e até mesmo manipulando pessoas próximas para que possam ajuda-lo a executar seu plano maquiavélico. Por outro lado, Jéssica também tem um anjo da guarda que tenta ajuda-la com sua missão.

O livro é cheios de personagens e cada um tem um papel muito importante, e pela primeira vez não me senti perdida. Pois não gosto muito quando um livro tem muitos personagens, sempre acabo perdida para descobrir quem é quem.

Inicialmente Jéssica não me conquistou como personagem, talvez por ser mimada e por ser uma heroína frágil demais, sempre esperando comandos de outras pessoas, que nesse caso seria Sérgio seu chofer.

Logo de inicio gostei de Sérgio e rapidamente o leitor compreende o quanto esse homem é louco por sua patroa, e Jéssica aos poucos estava se balançado para o lado dele, mas depois Sérgio se mostra ser apenas uma marionete. 

Beto foi um dos personagens que menos gostei, achei ele brigão demais e em nenhum momento senti que ele realmente amava Jéssica, para mim ele ainda era um moleque. Infelizmente o casal Jéssica e Beto não me convenceu.

No decorrer da história Jéssica vai amadurecendo, deixando para trás uma jovem frágil e manipulável. A partir daí passei a gostar dela.  

No fim o leitor vai se deparar com uma história que tem como pano de fundo o verdadeiro amor, intercalando com algo sobrenatural.

O enredo é bem fluente e tem muita interação entre os personagens, você não terá uma história enfadonha, pelo contrário se não tiver atenção nas páginas ficará perdido, é uma verdadeira saga.

Se você gosta de um romance nada convencional, Padma será um livro perfeito. Cheio de tramas, que fala sobre o verdadeiro amor e a importância de ter amigos verdadeiros. Acho que entendi o que seria Padma, Jéssica que inicialmente me mostrou ser tão frágil no fim ela ensina ao leitor o que é realmente Padma.







Um comentário:

  1. OI Van, não conhecia o livro, mas já vi algumas resenhas por ai, parece ter uma história envolvente e gosto de protagonistas que crescem durante a narrativa, pela primeira vez prestei atenção na resenha desse livro e acho que isso foi graças a maneira que tu fez sua resenha, parabéns. Quando tiver a oportunidade e tempo =( pretendo conhecer Padma ^^

    Beijos,
    Joi Cardoso
    Estante Diagonal

    ResponderExcluir