Olá meus leitores!

Terça-feira começou com muito calor aqui no Nordeste, nada de chuva apensas sol e calor. Faz muito tempo que não realizamos uma boa entrevista com os nossos parceiros. A entrevistada de hoje é a autora do livro As GRANDES aventuras de Daniella


Como surgiu a ideia do livro?

Primeiramente, obrigada pelo convite ♥ Bom, a ideia do livro surgiu através de um conto chamado“Desejo”. Ele foi o primeiro conto que escrevi e onde apresentei a Dani Fagundes. Contudo, os leitores gostaram tanto da história que pediram uma continuação; disseram que a Dani merecia um destaque melhor. Sendo assim, criei um enredo de livro e aos poucos fui contando as aventuras da nossa gorda favorita.

Ao ler o enredo, percebi que havia muita verdade em algumas situações. Principalmente na questão da baixa-estima e alguns probleminhas que nós gordinha passamos, como por exemplo: ter cuidado com o tipo de tecido que vestimos (para o suor não aparecer) Você já viveu em algumas dessas situações?

Sim, várias vezes. Existe muito da Luene na Daniella. Neste livro, deixei que esta parte de mim, a parte que se odiava por não seguir o padrão imposto pela sociedade, tomasse controle e gritasse para o mundo seus medos e inseguranças. Acredito que este livro é tão real e toca tantos leitores exatamente por eu não ter mascarado os problemas que passamos e por ser honesta sobre como nos sentimos por sermos diferentes do que querem que sejamos. É sobre ser gordo “demais”, magro “demais”, alto ou baixo “demais”. São julgamentos constantes que nos tornam pessoas inseguras com nossa própria aparência.

Até que ponto a Dani foi inspirada em você ou em alguém próximo?

Até o máximo que consegui! hahaha Sua baixa autoestima era a minha baixa autoestima até antes de
escrever este livro. A Dani me ajudou muito a parar de me odiar. Posso dizer que aprendi e cresci junto com ela. Quanto às suas aventuras de autoconhecimento, são baseadas em acontecimentos reais de uma amiga.

As Grandes aventuras de Daniella, é mais que um romance chick list, é quase uma autoajuda, já que acompanhamos o crescimento e amadurecimento da personagem, isso foi proposital ou aconteceu naturalmente?

Naturalmente. É como eu disse ali em cima: doei muito de mim mesma durante a escrita deste livro e foi a forma que encontrei para trabalhar com meus problemas. Ouvir de tantos leitores um “muito obrigada por escrever este livro” não era esperado, mas fico extremamente emocionada em causar essa reação.

Daniella foi aquele tipo de personagem que depois de algum tempo tomou as rédeas da história?

Completamente! Eu era apenas a contadora de histórias que precisava narrar as suas aventuras.

Hoje, você observando o livro finalizado, existe algo que deveria ter acrescentado ou mudado?

Acredito que não. Fiquei receosa com o final dele, com medo da reação das pessoas, e ainda hoje não sei se tomei a decisão certa. Porém, é a Dani que manda, não eu hahaha

Será que existe possibilidade do livro ter continuação?

Sim :) Veremos se a Dani tem mais aventuras malucas para me contar.

Que tipo de mensagem você queria repassar para os leitores através do livro?

Que todos nós temos a nossa beleza e não precisamos seguir padrões para sermos felizes. Não é só sobre ser gordo, é sobre sermos nós mesmos. Quis mostrar como somos perfeitos, do jeito que somos, e devemos nos amar. Não é uma tarefa fácil; talvez seja uma das mais difíceis quebrar o preconceito dentro de nossa própria mente e que é perpetuado na mídia e sociedade. Contudo, através da Dani mostrei que é sim possível e libertador.

O que você acha do preconceito que existe com livros que tem como personagens plus size? Ou para você não existe?

Até o momento não notei, mas imagino que exista. Infelizmente, as pessoas plus size ainda sofrem muito preconceito e isso não seria diferente na literatura.

Tem alguma possibilidade de você escrever outro romance, parecido com o da Dani?

Quem sabe? ;)

Deixo esse espaço livre para você deixar algumas mensagens para os leitores do blog e claro para seus fãs.

Muito muito muito obrigada! Vocês são a razão da existência da L. L. Alves e de personagens tão incríveis como a Dani ♥ Sem o apoio constante e carinho de vocês, nada disso seria possível!

Quero agradecer a autora por ser sempre tão atenciosa e carinhosa com o blog!



3 Comentários

  1. Olá,
    Adorei a entrevista e achei muito interesse sobre o que a autora falou e ainda mais ser um livro inspirado um pouco nela.
    Ele já está na lista de leitura.
    Bjs e uma ótima noite!
    Diário dos Livros
    Siga o Twitter

    ResponderExcluir
  2. Olá, tudo bem? Muito legal a entrevista, essa autora parece ser uma fofura. Comprei o livro dela e dei para minha mãe nos dias das mães, mas já estou querendo de volta para mim, haha.

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
  3. Oi, Wanderléa!! Muito obrigada pelo convite viu ♥ Adorei dar essa entrevista!
    Bjoss

    ResponderExcluir