Resenha e curiosidade A Bela e a Fera

Resultado de imagem para A bela e a fera zahar
A versão original do clássico que inspirou o novo filme da Disney, estrelado por Emma WatsonAdaptado, filmado e encenado inúmeras vezes, o enredo de A Bela e a Fera vai muito além da jovem obrigada a casar com uma horrenda Fera que no final se revela um lindo príncipe preso sob um feitiço. Nessa edição bolso de luxo da coleção Clássicos Zahar você encontra reunidas duas variantes da história.


Lançamento: 17/11/2016
Assunto: Literatura
Tradutor: André Telles
240 páginas
ISBN: 9788537816042
Classificação:




Vamos iniciar a semana com a resenha desse belo livro, ou melhor dessa história atemporal! Nessa edição Clássicos ZAHAR, trás a versão clássica escrita por Madame de Beaumont em 1756,  a versão que conhecemos usada pela a Disney e outros diretores do cinema e a versão original escrita por Madame Villeneuve, publicada em 1740, que poucos conhecem.

Não vou me atentar ao conto que já conhecemos de cor e salteado, mas sim a história original publicada em 1740. A edição da ZAHAR não trás somente ambas histórias, mas algumas curiosidades e talvez a fonte que inspirou a Madame Villeneuve à escreve-la.

Mas prezado leitor, já parou para pensar: E se essa história fosse real? Não da forma como  conhecemos é claro.

Resultado de imagem para Madame Villeneuve
Madame Villeneuve

Resultado de imagem para Madame de Beaumont
Madame de Beaumont

A Origem

Esse história carregada de magia, amor, autoconhecimento e principalmente amizade pode ter sua origem em uma outra história não tão bela assim (comentados na edição do livro) como a história do Pedro Gonzáles um espanhol nascido no século XVII na região das Ilhas Canárias. 

Pedro Gonzáles era portador da doença hipertricose, seu corpo era coberto por pelos e por conta da sua aparência ele era tratado como bicho, vivendo escondido sendo o motivo de vergonha para seus pai que eram Reis. 

Ainda criança Pedro foi raptado e vendido para Carlos V, imperador do Sacro Império Romano-Germânico. Carlos V percebendo que o "animal" que havia comprado apesar de sua aparência parecia inteligente, então resolveu fazer um experimento; Pedro passou a ser tratado com um "igual" sendo educado, alimentado, vestido e vivendo como um príncipe.  Como resultado ele aprendeu a falar vários idiomas além de conquistar o cargo de embaixador do Rei. 

Após a morte de Carlos V a rainha francesa Catarina de Médici arranjou uma esposa para Pedro, a mesma não tinha ideia da aparência do seu noivo, e segundo relatos na noite de nupcias ela chegou a desmaiar. Porém com o tempo a jovem noiva percebeu que Pedro Gonzáles não era um monstro, as ações dele foram conquistando-a e não demorou muito para ela se apaixonar ( Realmente tem algo muito semelhante com o conto a Bela e Fera).    

Resultado de imagem para Pedro Gonzáles a fera

Muitos comentam que a versão original é macabra, posso dizer com toda certeza que não é! Pelo contrário, é uma versão mais detalhista e mil vezes melhor. Nela você entende o real motivo do porque que o príncipe se torna uma fera, além disso existe uma outra história por trás, o verdadeiro passado de Bela. Toda a história que conhecemos se torna apenas um teatro, uma armação de uma Fada que usou seus poderes e manipulou tudo e a todos para que Bela e a Fera se encontra-se ( nada é por acaso...).

Amei conhecer a verdadeira história, realmente essa foi uma leitura maravilhosa a editora ZAHAR está de parabéns pela a edição fantástica, além de trazer as duas versões ainda trás curiosidades e as biografias das escritoras. Ou seja a leitura deixa de ser um entretenimento e passar a ser analítica, após finalizar você não verá mais a história com o olhar de antes.



Presentes:

Papel de parede - Download
Leia o Trecho do livroDownload




10 comentários

  1. Não acredito qur eu não conhecia essa edição, quando era mais nova meu pai costumava contar essa historia e sempre dizia que "o amor não ve beleza" e acho que de todos os contos esse sem duvidas e o que deixa isso mais explicito, porque em outras historias e sempre a mocinha delicada, nesse a mocinha corajosa, inteligente e que mesmo assim se apaixona... AMOOO

    ResponderExcluir
  2. Eu não só conheço essa edição MARAVILHOSA E COM CORES E COM TUDO LINDO, como também tenho. Ela é muito informativa e cheia de miudezas impecáveis. A tradução é incrível, os detalhes dos desenhos e todos são coloridos. É uma coisa maravilhosa.

    Por ter e já ter lido, também conheço a história, mas ele não se aprofunda no que ocorre depois com o Pedro, que é bem triste - pq fui procurar na internet já que curiosei. É uma pesquisa bacana.

    Adorei ver esse livro sendo prestigiado no seu blog, foi uma leitura deliciosa! ♥

    ResponderExcluir
  3. Olá, tudo bem?

    Não conheço a versão original, então já fiquei bem curiosa para adquirir este livro e devorar as páginas. Mesmo se a obra tivesse um tom "macabro", isto seria mais um ponto positivo, pois gosto de obras assim. Fiquei curiosa para ler, principalmente por você afirmar que é melhor, algo surpreendente. Esta edição parece ser incrível!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Fiquei super curiosa por esse edição, não sabia que tinha, mas deve ser simplesmente incrível!! Fiquei interessada em ler a original.

    ResponderExcluir
  5. Não sabia que tinha a versão original nesse livro, adorei! Gosto muito de saber a origem e inspirações das histórias. Vou procurar comprar. Bjs

    ResponderExcluir
  6. Eu sou louca por esta edição já tem algum tempo mas sempre esquece de comprar. E agora depois de sua resenha e suas curiosidades vou ficar de olho para não esquecer de compra-lo na minha proxima compra de livros. Fico feliz por saber que a versão original não é macabra como dizem. Pois apesar de tudo amo Contos de fadas do jeito que são contados sabe? (sem nada sombrio por trás)

    ResponderExcluir
  7. Estou simplesmente passada. Amei seu post. Quero muito ler esse livro.
    Essa curiosidade foi incrível.

    ResponderExcluir
  8. Confesso que não conhecia esta edição, mas já li a versão! Concordo com bastante do que vc expôs, inclusive da grandiosidade da obra (nada dura mais de 100 anos sem ser incrível!). Agora,eu sempre achei ela mais macabra do que a versão da Dysnei, mas concordo com vc, nem tão macabra assim! Na medida certa.

    ResponderExcluir
  9. Muito bacana conhecer a história original, ótima resenha, deu vontade de ler.

    ResponderExcluir
  10. Desde que a Zahar lanço este livro venho cobiçando ele. Primeiro porque gosto muito de A Bela e a Fera, segundo porque esta edição e linda assim como todos os livros desta editora. Mas agora que li a resenha fiquei com ainda mais vontade. Ta lista de compras. ;-)

    ResponderExcluir