TOP 10: Livros com personagens deficientes

É de extrema importância que a literatura também seja um canal de representatividade. Lembro muito bem o como fiquei surpresa ao iniciar uma leitura e dá de cara com uma personagem gordinha, não só na forma física como alguns problemas que somente mulheres e homens gordos passam. Como por exemplo: Entrar em um loja e não ter nada que caiba, além das caras e bocas que os vendedores fazem quando nos olham, nos analisando e pensando em como irão dizer que naquela loja não tem a numeração que usamos. A personagem me representou muito, foi uma leitura muito divertida, senti como se a autora tivesse se inspirado em mim (risos).

Sabendo que a representatividade é tão importante, hoje as dicas serão de livros com personagens deficientes




Para darmos inicio, assim que pensei no post de hoje, esse livro logo veio a mente.
Aos 26 anos, Louisa Clark não tem muitas ambições. Ela mora com os pais, a irmã mãe solteira, o sobrinho pequeno e um avô que precisa de cuidados constantes desde que sofreu um derrame. Trabalha como garçonete num café, um emprego que não paga muito, mas ajuda nas despesas, e namora Patrick, um triatleta que não parece interessado nela. Não que ela se importe.
Quando o café fecha as portas, Lou é obrigada a procurar outro emprego. Sem muitas qualificações, consegue trabalho como cuidadora de um tetraplégico. Will Traynor, de 35 anos, é inteligente, rico e mal-humorado. Preso a uma cadeira de rodas depois de um acidente de moto, o antes ativo e esportivo Will desconta toda a sua amargura em quem estiver por perto. Tudo parece pequeno e sem graça para ele, que sabe exatamente como dar um fim a esse sentimento. O que Will não sabe é que Lou está prestes a trazer cor a sua vida. E nenhum dos dois desconfia de que irá mudar para sempre a história um do outro.

Imagem relacionada Este livro conta a história de Kátia Ito que, aos 19 anos, em 1983, sem qualquer sinal ou premonição, foi vítima de um angioma cerebral que danificou o lado esquerdo do cérebro. Cursando Medicina, vivendo seus sonhos, projetos e amores, Kátia teve seu futuro interrompido por um 'acidente' tão rápido quanto inexplicável. Passou a viver como um vegetal, dependente da ajuda das pessoas à sua volta. Apaixonada pela vida, Kátia buscou alternativas, terapias, saídas, e, aos poucos, a sensação de vazio foi sendo preenchida pela vontade de conquistar novamente uma existência digna.





Resultado de imagem para Feliz Ano VelhoFeliz ano velho é o primeiro livro de Marcelo Rubens Paiva. Aos vinte anos, ele sobe em uma pedra e mergulha numa lagoa imitando o Tio Patinhas. A lagoa é rasa, ele esmigalha uma vértebra e perde os movimentos do corpo. Escrito com sentido de urgência, o livro relata as mudanças irreversíveis na vida do garoto a partir do acidente. Ele é transferido de um hospital a outro, enfrenta médicos reticentes, luta para conquistar pequenas reações do corpo. Aos poucos, se dá conta de sua nova realidade, irreversível. E entende que é preciso lutar. O texto expressa a irreverência e a determinação da juventude, mesmo na adversidade, e a compreensão precoce “de que o futuro é uma quantidade infinita de incertezas”.



Resultado de imagem para Uma chance de recomeçar livro Carina é uma workaholic risa e bem-sucedida cuja vida se resume ao trabalho. Afogada em estresse, ela não se importa com a solidão que habita seu coração, pois o amor nunca foi uma das suas prioridades, até que algo inusitado acontece. Repentinamente, ela se vê privada do trabalho e deseja aplacar a solidão que a consome, principalmente quando conhece Aurélio, que a trata de uma forma diferente da qual ela está acostumada. Consumido pela tragédia que vitimou sua família e deixou-lhe sequelas físicas e emocionais, Aurélio não quer nada além de se afundar cada vez mais na dor e na culpa que sente. Suas certezas começam a ficar abaladas à medida que Carina se aproxima cada vez mais dele. Quantos obstáculos precisam ser vencidos para recomeçar? O amor é capaz de vencer as amarras do passado e o preconceito?
aResultado de imagem para Sem Asas ao Amanhecer livro No auge de sua beleza e juventude, em plena descoberta de ser mulher, profissional e independente, Luciana Scotti foi tomada de surpresa pelo destino. Aos 22 anos, saudável, alegre e sonhadora, foi acometida por um Acidente Vascular Cerebral (AVC). Permaneceu por quase dois meses inconsciente, diante da morte, até acordar do sono profundo e enfrentar na vida real o pesadelo de se ver muda e tetraplégica, com a consciência plenamente sã. Culpa de quem? Do destino? De uma vida desregrada? De negligência médica? Conseqüência do uso de pílula anticoncepcional? Até hoje restam dúvidas sobre as causas de sua trombose cerebral, já que nenhum médico se dispôs a assinar um laudo definitivo.



Resultado de imagem para mentira perfeita Júlia não tem tempo para distrações. Ela é brilhante e sempre se esforça para ser a melhor naquilo que faz; por essa razão, sua vida pessoal acabou ficando de lado. Algo que sempre preocupou sua tia Berenice. Gravemente doente, a mulher teme que Júlia acabe completamente sozinha quando ela se for. Júlia faria qualquer coisa — qualquer coisa mesmo! — por tia Berê e, em seu desespero para agradar a única mãe que já conheceu, inventa um noivo enquanto torce por um milagre... E então o milagre acontece: Berenice se recupera — e, assim que deixa o hospital, gasta todas as suas economias com o casamento dos sonhos para a sobrinha. Como Júlia pode contar a ela que mentiu, com a saúde da tia ainda tão frágil? É quando Júlia conhece Marcus Cassani. Ele é irritantemente cínico, mulherengo e lindo de um jeito que a deixa desconfortável. Marcus também está enfrentando problemas, e um acordo entre eles parece ser a solução. Tudo o que Júlia sabe é que deveria se afastar de Marcus. Mas seu coração tem uma ideia muito diferente... Mentira perfeita é um spin-off de Procura-se um marido, uma história que se passa no mesmo universo da primeira. Aqui você vai conhecer novos personagens inesquecíveis, além de rever aqueles que já moram no seu coração.

Resultado de imagem para Jane Eyre, by Charlotte Brontë Um exame muito interessante sobre a deficiência atráves de Edward Rochester, "cego e aleijado", como um "julgamento" para o pecado de manter seu primeiro casamento com a "louca" Mrs Rochester segredo. Um personagem diz que teria sido melhor ele estar morto, então Sir Edward tenta afugentar sua suposta amante, Jane Eyre. Mas ela se casa com ele assim mesmo, e descreve a sua deficiência como um fator de aproximação entre eles, e ainda se considera "extremamente abençoada". 








Resultado de imagem para A pedra da Lua, by Wilkie Collins Publicado em folhetim entre janeiro e agosto de 1868, na revista de Charles Dickens. A Pedra da Lua é um dos mais importantes romances ingleses do século XIX. Uma descrição maravilhosa de uma empregada deficiente, Rosanna Spearman, que tem um "ombro deformado" como Gabriel Betteredge o descreve. Ela é suspeita de roubar um diamente de valor inestimável e se suicida de desespero. Sua reputação é defendida ferozmente por sua amiga, Limping Lucy, e por outros empregados. Collins tinha uma estatura muito pequena e tinha um desfiguramento facial - o que talvez explique a empatia de muitos seus dos livros entre pessoas com deficiência.





Senhor das MoscasPublicado originalmente em 1954, Senhor das Moscas é um dos romances essenciais da literatura mundial. Adaptado duas vezes para o cinema, traduzido para 35 idiomas, o clássico de William Golding — que já foi visto como uma alegoria, uma parábola, um tratado político e mesmo uma visão do apocalipse — vendeu, só em língua inglesa, mais de 25 milhões de exemplares. Neste romance muito perturbador sobre alteridade e limites, é importante notar que as três crianças que são apanhadas pelos outros têm deficiências ou vulnerabilidades físicas ou mentais. "Little'un", o primeiro a desaparecer, tem uma desfiguração facial. O próximo é Simon, que tem desmaios e cuja saúde mental se deteriora na ilha. Mas talvez o mais trágico seja Piggy, claramente o mais intelectual e moralmente clarividente dos rapazes, que é assassinado. Ele tem asma, é perseguido por causa de sua obesidade e também é míope.

Resultado de imagem para Grace Williams Says It Loud by Emma Henderson
 Uma agradável e diferente abordagem, tanto sobre deficiência física quanto sobre dificuldades de comunicação. Esta é uma narrativa em primeira pessoa feita por Grace, uma mulher com deficiência que foi repudiada, e é um relato eloqüente de sua vida e de seu apaixonado caso de amor dentro de uma instituição.












Espero que tenham gostado do post de hoje!


12 comentários

  1. Oi!
    Eu gostei muito do seu post, é importantíssimo falarmos sobre deficiência. Ontem foi o Dia Nacional dos Surdos e eu achei super interessante ter uma data pra isso. Eu já li só os livros recentes mais conhecidos, gostei bastante e Mentira Perfeita é maravilhoso!
    Beijo
    http://www.capitulotreze.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Ainda não li nenhum desses, anotei pra ler :)

    http://submersa-em-palavras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Olá, amei o post! Acho super interessante esses livros pois dão visibilidade para essa pessoas. Parabéns!

    ResponderExcluir
  4. Olha! Gostei muito das dicas. "Como eu era antes de você" eu só vi o filme, mas me encantei, é emocionante e refletimos sobre questões que antes julgavamos com facilidade. As outras dicas me deixaram curiosas, vou buscar alguns. Bjs

    ResponderExcluir
  5. Como eu era antes de você, fiquei com vontade de ler, o filme foi muito perfeito demais.
    Acredito que o livro ainda melhor, com detalhes e tal.
    Amei os outros que indicou.
    https://blogdajenny2014.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Olha que bacana, adorei a seleção! É muito importante que haja a representatividade na literatura, achei o post super interessante. Já li Feliz Ano Velho e recomendo, os outros ainda não li mas fiquei interessada em vários.

    ResponderExcluir
  7. Olá, tudo bem??

    Nossa a postagem foi bem interessante ein. Eu não tinha parado para pensar sobre livros com deficientes e como isto ocorreria. Não li nenhum, mas assisti Como eu era antes de você... e amei o filme, achei lindo mesmo não querendo que aquele final acontecesse, mas que foi necessário. Xero!

    https://minhasescriturasdih.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Eu vivo procurando romances que tenham personagens com deficiência. Amei Mentira Perfeita, achei um ótimo livro, mas ainda não li a maioria dos que você citou.
    Beijos
    Mari
    Pequenos Retalhos

    ResponderExcluir
  9. Olá
    Menina que lista incrível, já li O Senhor das Moscas e é um muito intrigante mesmo.
    Coloquei vários livros na minha lista como Feliz Ano Velho, deve ser um livro é tanto.

    ResponderExcluir
  10. Oiê,

    Super concordo com você, o meio literário tem que ser uma forma de representatividade para todos e fico muito feliz em saber que têm livros que tenham personagens deficientes, isso é muito importante.
    O único que eu conheço do que está na sua lista é o Como eu era antes de vocês rs, vou pesquisar mais sobre os outros.
    Obrigada pelas dicas!

    Grande beijo,
    Letícia Franca | Além de 50 Tons
    https://almde50tons.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  11. Adorei sua seleção, de todos esses só não li 2 e com certeza ja coloquei aqui na minha listinha de desejos.

    ResponderExcluir
  12. Só li o primeiro dessa lista, mas quero muito ler o mentira perfeita.

    ResponderExcluir